A Gardênia Branca - de Marsha Arons
Todos os anos, no dia do meu aniversário, desde que completei doze anos, uma ardênia branca me era entreue anonimamente em casa. não ha nunca um cartão ou um bilhete e os telefonemas para o florista eram em vão, pois a compra era sempre feita em dinheiro vivo. depois de alum tempo, parei de tentar descobrir a identidade do remetente. apenas me deleitava com a beleza e o perfume estonteante daquela única flor, máica e perfeita, aninhada em camadas de papel de seda cor-de-rosa.porém

PERFUME DE GARDÊNIA